Créditos: (Michael Sanches/Água Santa)

Imagem: (Michael Sanches/Água Santa)

ÁGUA SANTA GOLEIA TAUBATÉ E SE GARANTE NAS SEMIFINAIS DA A-2 

Com o tropeço do São Caetano, o Netuno termina a fase classificatória na liderança

Na tarde deste domingo (23), o Água Santa recebeu o Taubaté, em Diadema, pela última rodada do Paulistão série A-2(19ª) em busca da classificação e da liderança e, não decepcionou sua torcida. Com gols de Diogo Campos, Willian, Raphael Toledo e Everton Sena o netuno venceu o burro da central por 4 a 1 e contou com a derrota do São Caetano no Anacleto Campanella diante da Penapolense para terminar a primeira fase com a melhor campanha. Com isso, o netuno decide os jogos de volta em casa.

Sem chances de classificação para a fase de semifinais e sem riscos de descenso ocupando a 10ª colocação com 27 pontos, o Taubaté veio ao Distrital Inamar para cumprir tabela, mas o que vimos foi uma equipe disposta a dificultar a vida do Netuno em busca da classificação e a briga pelo primeiro lugar. E logo aos 3 minutos assustou a time da casa pela esquerda em chute perigoso de Rafael Rosa, por cima do gol do goleiro Richard. Porém, aos 5, o zagueiro Nildo falha na entrada da área, Diogo Campos aproveita e tenta driblar o goleiro Mauricio, mas é derrubado, pênalti. O próprio camisa 10 do netuno foi para a cobrança e abriu o placar no inamar: 1 a 0.

O burro da central continuava atacando, mas sem efetividade e, na defesa, o zagueiro Nildo não vivia uma tarde feliz, após nova falha do defensor o atacante Everton Sena recebeu pela esquerda com velocidade e rolou para a pequena área para Willian Souza, aos 15, empurrar para as redes e ampliar o marcador. Aos 23, o zagueiro Nildo Taubaté foi personagem decisivo novamente, desta vez, a favor da sua equipe. Em cobrança de escanteio, o defensor subiu mais alto que a zaga e cabeceou firme no esquerdo do goleiro Richard: 2 a 1.

Com um primeiro tempo bem pragmático, o Água Santa não perdoava os erros da zaga do burro da central e não demorou muito para fazer o terceiro gol, aos 33, o meio-campista Raphael Toledo fez fila pela direita e sofreu pênalti, ele mesmo foi para a cobrança e marcou o terceiro do Netuno, levando a torcida ao delírio no Inamar. O camisa 10 Diogo Campos e o atacante Everton Sena, ditavam o ritmo de jogo do primeiro tempo para a equipe do Água Santa com muita velocidade e aos 42, o atacante foi coroado com um belo gol após bela jogada pela direita e chute colocado no canto direito do goleiro Maurício fechando o placar da primeira etapa com um sonoro 4 a 1.

No segundo tempo, o Netuno começou de forma agressiva em busca de mais gols para se consolidar na liderança pelo saldo de gols já que até o momento o líder São Caetano empatava em casa com a Penapolense. E com cinco minutos de jogo, a equipe já havia criado três grandes chances de gols, uma delas aos 30 segundos com Willian Souza, que na pequena área cabeceou para fora após boa jogada de Ivan e Everton Sena.  Aos 12, o camisa 10 do netuno (Diogo Campo) queria coroar sua boa partida com um golaço de bicicleta, mas a bola foi fácil para o goleiro do Taubaté encaixar. A partir daí,o jogo ficou morno e o Água Santa administrava a partida com boas trocas de passes.

Aos 29 da segunda etapa, os torcedores do netuno foram à loucura ao serem informados que a Penapolense estava vencendo o São Caetano por 3 a 2, deixando o netuno líder isolado com 35 pontos, um a mais que o Azulão. E aos 35, o árbitro Vinicius Furlan assinalou pênalti para o Netuno alegando toque no braço do defensor do Taubaté, porém, após conversa com um de seus assistentes voltou atrás gerando revolta nos torcedores do Água Santa que queriam mais um gol. A equipe do Taubaté só assustou o time da casa aos 41 com bela jogada do atacante Everton na pequena área, a bola bateu na trave e saiu pela linha de fundo.

Com a vitória e o tropeço do São Caetano, o netuno terminou a primeira fase do Paulistão série A-2 com a melhor campanha e tendo o privilégio de disputar uma possível final em casa caso chegue até a decisão. Na fase semifinal, o Água Santa enfrentará o quarto colocado Bragantino. Já o vice-líder São Caetano, pegará o Rio Claro. As datas e horários ainda serão definidas pela FPF (Federação Paulista de Futebol).

Créditos: (Renan Silva/Água Santa)